No dia do capoeirista, Escola Municipal Vale das Pedrinhas recebe emocionante Griô

O dia do capoeirista foi comemorado no sábado, 3 de agosto. O projeto Ginga De Peito Aberto II realizou uma bela celebração com o Griô da Capoeira no núcleo Vale das Pedrinhas, em Salvador. A iniciativa oferece aulas gratuitas de capoeira para crianças e jovens da capital baiana.

 

O evento contou com a presença do Mestre China. O experiente capoeirista contou como a capoeira mudou a vida dele. Depois, foi a vez do Grupo São Bento fazer uma apresentação cultural para todos os que estavam presentes na escola Vale das Pedrinhas. Alunos, pais, professores e convidados se emocionaram no final do evento, quando uma grande roda foi formada para a exibição da capoeira.

 

Pensando na inclusão, o Griô da Capoeira contou com intérprete de LIBRAS durante todo o evento. Um dos diferenciais do Projeto Ginga De Peito Aberto II é justamente a acessibilidade. O projeto ensina capoeira para alunos com autismo, síndrome de down ou paralisia cerebral.

 

O coordenador técnico do projeto, Anderson Lopes, ressaltou como o encontro pode fazer a diferença na vida dos participantes. “Sendo dia do capoeirista, o evento ganha um motivo simbólico. Poder ver a comunidade entrar na escola do bairro para verem seus filhos participarem de uma celebração é tão satisfatório quanto necessário. A criança capoeirista é a certeza da continuidade da prática, o que resulta em mais cultura. Deu par sentir a emoção das crianças movendo a comunidade”, disse.

 

Executado pela Organização Social De Peito Aberto Incentivo ao Esporte, Cultura e Lazer, o Projeto Ginga II é viabilizado por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, com patrocínio da Cielo e apoio da Prefeitura de Salvador através da Secretaria de Educação.

O projeto beneficia 450 crianças e jovens em Salvador. Sendo 225 no núcleo Cristo Rei e 225 no núcleo Vale das Pedrinhas. As atividades acontecem, respectivamente, nas escolas municipais Cristo Rei e Vale das Pedrinhas.

Vagas abertas

O Projeto Ginga De Peito Aberto II ainda tem vagas abertas para novos alunos. Podem participar da iniciativa crianças e jovens entre 7 e 17 anos de idade. Além das aulas de capoeira, as atividades também abordam as questões históricas da capoeira, com o objetivo de gerar acesso à educação através da cultura popular.