Projeto Salvador Esporte e Cidadania transforma vida de crianças em Salvador

Além de melhorar a saúde, a prática esportiva na infância e na adolescência gera diversos benefícios aos jovens. Entre eles a convivência social, o desenvolvimento da coordenação motora, o respeito as regras e a preparação para lidar com as frustrações. Portanto, estimular as crianças e os jovens a praticarem esportes é fundamental.

Mas nem sempre os pais podem inscrever os filhos em escolinhas pagas. No entanto, em Ondina, é realizado o Projeto Salvador, Esporte e Cidadania, que oferece aulas de futsal gratuitamente. São ofertadas 150 vagas para crianças e jovens entre sete e dezessete anos de idade. As aulas são realizadas às segundas, quartas e sextas, de 8h às 11h e de 14h às 17h.

Os beneficiados inscritos recebem kit esportivo completo, contendo camisa, short, meião e tênis, para utilização durante as atividades do projeto. Existente há mais de três anos, a iniciativa já atendeu centenas de crianças e adolescentes na capital baiana.

O coordenador técnico do projeto, Rodrigo Porto, avalia que a iniciativa transforma o cotidiano do município. “O Salvador Esporte e Cidadania é referência na nossa cidade. O projeto é uma grande oportunidade para usufruir bem do espaço público da melhor maneira possível. O trabalho do Camarote Salvador patrocinando a prática de esportes para quem não tem condições é inspirador. É um orgulho para a De Peito Aberto ser parceiro deles. Espero que quem ainda não fez a inscrição venha fazer parte das nossas aulas”, disse.

O Projeto Salvador Esporte e Cidadania é uma parceria entre a Organização Social De Peito Aberto – Incentivo ao Esporte, Cultura e Lazer e o Camarote Salvador com apoio da Prefeitura Municipal de Salvador.