Pela Lei de Incentivo, vôlei de praia envolve toda uma comunidade

Fonte: Site Ministério do Esporte

O vôlei de praia também é coisa de criança. A modalidade virou febre entre a garotada atendida pelo Projeto Ara Ketu De Peito Aberto, viabilizado por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, em Salvador. Atualmente, são 200 jovens que praticam o esporte no projeto, sendo 100 em Jauá, na orla da cidade de Camaçari, e outros 100 no Instituto Ara Ketu, localizado em Periperi, bairro localizado no subúrbio da capital baiana.

“Ainda não descobrimos talentos na modalidade de forma geral. Mas o vôlei de praia virou uma febre em Periperi e Jauá, com a comunidade abraçando e se envolvendo nas atividades”, disse o diretor-presidente da De Peito Aberto, Hagmar Freitas Madeira.


Além do vôlei de praia, o projeto oferece a prática esportiva de vôlei, basquete, futsal, handebol e natação, beneficiando 700 crianças e adolescentes. “Nós utilizamos as regiões com vulnerabilidade social, onde não existia nenhuma atividade voltada à juventude. A Lei de Incentivo vem diretamente para contribuir e sanar essa lacuna”, explicou.


Todas as ações são realizadas nas instalações do Instituto Araketu, com profissionais de educação física e monitores capacitados para auxiliar as atividades diárias.

Desenvolvido especialmente para o instituto, o projeto valoriza a prática esportiva por meio da busca do comprometimento social, ampliando as potencialidades, proporcionando condições para que talentos sejam descobertos e incentivando a participação de crianças e adolescentes do subúrbio ferroviário de Salvador.


Breno Barros
Foto: Divulgação
Ascom – Ministério do Esporte
 
www.depeitoaberto.com.br | (31) 2511-1515 | contato@depeitoaberto.com.br