Seletiva do Núcleo de Excelência em Voleibol recebe mais de 30 meninas em Contagem




Garotas foram avaliadas em quatro fundamentos durante a peneira


Contagem, 16 de maio de 2015


A sexta-feira foi movimentada no Ginásio Poliesportivo do Riacho para as garotas que sonham em se tornar atletas do vôlei. O Núcleo de Excelência Esportiva em Voleibol (NEEV) recebeu 32 meninas, entre 12 e 14 anos, para a seletiva do projeto, que visa encontrar novos talentos do vôlei para a formação de times Sub-14 e Sub-15, na cidade de Contagem.

Para a peneira, foram avaliados quatro fundamentos: saque, manchete, toque e ataque. As meninas foram divididas por idade (14, 13 e 12 anos) para a realização do teste. A coordenação técnica do projeto entrará em contato com cada uma das meninas, ainda na próxima semana, para informar o resultado.


Realizado pela OSCIP De Peito Aberto, por meio da Lei Estadual de Incentivo ao Esporte, com patrocínio da Sada e apoio da Prefeitura de Contagem, o NEEV atenderá 50 meninas durante 12 meses. Elas receberão o kit de uniformes completo (camisa, short, meias e tênis) e treinarão três vezes por semana, durante três horas do dia, no Ginásio do Riacho, sem nenhum custo. Entusiasmada, a comissão técnica do NEEV admitiu surpresa com a quantidade de meninas interessadas na prática do vôlei.

“Estamos muito contentes pela presença de mais de 30 garotas aqui hoje. A maioria está acompanhada dos pais, o que nos deixa ainda mais satisfeitos. Estamos otimistas e esperamos aproveitar um grande número de meninas em nossa equipe”, comemora Hélcio Pinto, técnico do NEEV.


Acompanhada pelos pais, a estudante Thaís Caroline Soares, 12, foi da região Noroeste de Belo Horizonte até Contagem para participar da seletiva. “Gosto muito de vôlei, já jogo em outra escolinha, e espero ser aprovada”, conta. Questionado sobre a distância entre o Ginásio do Riacho e o bairro onde a família mora, Charles Soares, pai de Thais, garantiu que isso não será problema, caso a filha seja aprovada.
“É o sonho dela e de toda a família. Soubemos da seletiva e viemos trazê-la. Caso ela passe, faremos um esforço para que ela possa vir treinar”, completa.




Por: Assessoria de Comunicação De peito Aberto | Lohanna Lima

Crédito foto: Divulgação De Peito Aberto



www.depeitoaberto.com.br | (31) 2511-1515 | contato@depeitoaberto.com.br