Projeto Superação inclui aulas de esportes radicais para jovens





Belo Horizonte, 19 de novembro de 2014

Com a finalidade de diversificar as atividades esportivas oferecidas aos jovens atendidos pelo projeto Superação, aulas de esportes radicais foram incluídas nessa terça-feira para os meninos da Casa de Semiliberdade Ipiranga. Os garotos praticaram manobras de slackline e de skate em um espaço público de Belo Horizonte.

Segundo o coordenador do projeto Superação, Fábio Araújo, a proposta é de dar mais opções aos meninos, sem focar apenas modalidades mais conhecidas. "É uma opção de fugir um pouco das modalidades coletivas, e tentar ter uma boa adesão dos adolescentes, o que vimos já na primeira aula que conseguimos alcançar", explica.



Acostumados a praticar o futsal, os jovens demonstraram empolgação com os esportes radicais. "Nós nem esperávamos que daria tanto certo como deu, porque eles gostam muito do futsal e estão sempre perguntando sobre a modalidade. Entretanto, o slackline e o skate conseguiram despertar a curiosidade deles e eles se saíram bem", explica o educador físico, Louis Brioude.

Devido à boa aceitação, as aulas de esportes radicais deverão ser repetidas periodicamente em espaços externos.
"O interessante é que,

pelo menos uma vez por mês, a gente proponha esse tipo de atividade para que eles possam se acostumar", encerra Louis.


Por: Assessoria de Comunicação De peito Aberto | Lohanna Lima

Crédito foto: Divulgação De Peito Aberto



www.depeitoaberto.com.br | (31) 2511-1515 | contato@depeitoaberto.com.br