Esporte na Cidade/Sada homenageia o grupo Sada





Contagem, 30 de novembro de 2014

Campeãs de quatro competições na temporada, as meninas da equipe Sub-14 de vôlei do Esporte na Cidade/Sada homenagearam o presidente do grupo Sada, Vittorio Medioli, na noite desse sábado, no Ginásio Poliesportivo do Riacho, antes da partida entre Sada Cruzeiro e Vôlei Canoas, válida pela Superliga. Uma placa foi entregue a Medioli como forma de agradecimento pela colaboração do grupo com o projeto Esporte na Cidade, em Contagem, promovido pela OSCIP De Peito Aberto, por meio da Lei Federal de Incentivo ao Esporte.

"É um projeto muito importante para nós. Como não temos uma equipe feminina, é uma maneira de garantir a essas garotas a possibilidade de treinar vôlei, além da importância social e educativa do programa. Fico muito feliz por essas meninas estarem se destacando nas competições", afirmou Mediol.

Com o sonho de atuar profissionalmente, a ponteira Blenda Felicíssimo (13) se disse emocionada com o encontro. Essa placa é uma forma de agradecimento. É uma emoção agradecer uma pessoa que ajuda a manter o nosso sonho. Ele foi muito simpático com a gente. Estamos muito felizes", contou.




Além das jogadoras do Sub-14, cerca de 30 meninas atendidas pelo projeto Esporte na Cidade estiveram presentes no ginásio. Após a vitória sobre o Canoas, o técnico do Sada Cruzeiro, Marcelo Mendez, o líbero Serginho e o levantador Willian tiraram fotos e distribuíram autógrafos para as garotas.

O ponteiro Leal recebeu das mãos de Amanda de Moraes Souza o troféu Viva Vôlei pelo desempenho em quadra. Com apenas cinco anos, ela já participa das aulas de vôlei pelo projeto. "Gostei muito de entregar o troféu pra ele e de assistir o jogo, gosto de dar manchetes e quero ser jogadora de vôlei", disse.



Temporada

A equipe do Esporte na Cidade/Sada fechou a temporada de competições com a conquista de dois títulos neste mês de novembro: o da Copa Sesc, pela segunda vez consecutiva, e o da Liga Mineira de Vôlei, competição em que possui o tricampeonato.

O ano foi proveitoso para as meninas, que também conquistaram a Copa Magnum e a etapa regional dos Jogos Escolares de Minas Gerais (Jemg). Pela Federação de Esportes Estudantis de Minas Gerias (Feemg), elas foram vice-campeãs e quarto lugar no Metropolitano AR6.

Esporte na Cidade
O projeto Esporte na Cidade é desenvolvido pela OSCIP De Peito Aberto, por meio da Lei Federal de Incentivo ao Esporte, e conta fundamentalmente com o patrocínio de grandes empresas e apoio de prefeituras locais. Desde a sua criação, o projeto já atendeu mais de dez mil crianças.

Em seu quinto ano de atuação, o Esporte na Cidade vem crescendo pelo país, estabelecendo novos núcleos, e atendendo cerca de 2,5 mil crianças, anualmente, nos municípios de Terra Santa (PA), Candeias (BA), Barreiro (regional administrativa de Belo Horizonte/MG), Contagem (MG), Brumadinho (MG), Barroso (MG), Paracatu (MG), Sabará (MG), Timóteo (MG), Santa Bárbara (MG) e Sete Lagoas (MG).

Ação de caráter social e educativo, o projeto oferece cursos gratuitos de iniciação esportiva para crianças e adolescentes, que estejam matriculados em escola regular. Em cada localidade, diferentes modalidades esportivas são oferecidas, como futsal, handebol, voleibol, basquete e judô. As aulas são realizadas em dois encontros semanais de uma hora e direcionadas às crianças e adolescentes de sete a 17 anos.

De Peito Aberto
Fundada em 2006, a organização De Peito Aberto vem desenvolvendo projetos em caráter social, voltados para a construção da cidadania, por meio de atividades esportivas culturais.

Qualificada com os títulos de Oscip Estadual (2006) e Federal (2008), a DPA desenvolve, atualmente, seis projetos centrais, sendo dois deles em parceria com a Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds/MG), por meio da Subsecretaria de Atendimento às Medidas Socioeducativas (Suase): o Estação Juventude (que oferece atividades artístico-culturais aos adolescentes do socioeducativo) e o Superação (que tem como objetivo desenvolver oficinas de iniciação esportiva para os jovens em cumprimento da medida).

Outros projetos são viabilizados pela Lei Federal de Incentivo ao Esporte, patrocínio de empresas privadas, e apoio das prefeituras locais, sendo o Esporte na Cidade; o Ajudôu (aulas de judô em comunidades de baixa renda nos municípios mineiros de Timóteo, Naque, Periquito, Nova Era, Raul Soares e Belo Oriente); o Oportunidade (aulas de boxe, futsal, natação, e vôlei nas cidades de Feira de Santana e Camaçari, na Bahia); e Salvador Esporte e Cidadania (aulas de futsal e handebol para crianças, além de atividades de alongamento, corrida e caminhada para pais e acompanhantes, em Salvador – BA)..


Por: Assessoria de Comunicação De peito Aberto | Lohanna Lima

Crédito foto: Renato Araújo



www.depeitoaberto.com.br | (31) 2511-1515 | contato@depeitoaberto.com.br