Na Turquia, ciclista mineiro finaliza segunda etapa do Projeto Homem Livre



Danilo Perrotti - Turquia

Turquia - Istambul
13.05.2009


Texto:
Com Você Comunicação (Assessoria de Imprensa)

Pedalando sua bicicleta ao redor do mundo, Danilo Perrotti Machado termina segunda fase após percorrer quase 10 mil km; destino da próxima etapa é em Dubai, nos Emirados Árabes.
Mais uma etapa cumprida para o ciclista mineiro Danilo Perrotti Machado, que se dedica a dar a volta ao mundo de bicicleta. A segunda etapa - que teve início na Inglaterra, no dia 23 de agosto do ano passado - do projeto Homem Livre terminou na última semana, com a chegada do ciclista à Turquia. Nesta fase foram percorridos quase 10 mil quilômetros de bicicleta por 18 países. “Estou muito contente com esta escolha neste período da minha vida. Isso faz com que me sinta realizado e preenchido em todos os sentidos. Até agora tudo fluiu da melhor forma possível e dentro do programado”, explica o ciclista.
Percorrer a Europa foi o objetivo de Machado durante os últimos nove meses. Da Inglaterra, ele foi para Holanda, Alemanha, Dinamarca, Noruega, Suécia, Grécia e Itália, de onde fez uma pausa devido ao inverno. O percurso pelo Leste Europeu teve início na Áustria, passando pela Eslovênia, Croácia, Bósnia, Servia, kosovo, Albania e Macedônia. “Sempre acreditei que estou no caminho certo, e cada pessoa que encontro no meu caminho me faz ter mais certeza dessa escolha. É com essa energia que me movo pelo mundo”, conta Machado.

Ser brasileiro conta
O que mais chama a atenção do ciclista em seu percurso é a receptividade das pessoas. As cores da bandeira brasileira que mantém em sua bike, segundo ele, só lhe abrem os caminhos. Ele conta que é comum as pessoas o chamarem com acenos de mão para conversar ou mesmo tomar um chá. “Ser brasileiro é ótimo para quem está passando por diferentes culturas no mundo. Nosso povo é muito querido, e a maioria nos identifica pelo carnaval e também pelo nome de algum jogador de futebol. Recebo isso com extrema alegria”. Outro aspecto que chama a atenção é a religiosidade e a fé, que mudam bastante de país para país. Na Turquia, ela é muito presente nas pessoas, sendo comum algumas mulheres usarem véus. Machado conta que, por cinco vezes ao dia, é possível ouvir o alto falante da mesquita chamando as pessoas para rezarem.

Terceira etapa
A terceira etapa terá seu início em Istambul, na Turquia, considerada a ponte entre o Oriente e o Ocidente, o que a torna perfeita para o início da nova etapa, que termina em Dubai, nos Emirados Árabes. Ao chegar lá, terão sido percorridos cerca de 6,8 mil km em dez países de cultura árabe e judaica. “Vou passar por todo o deserto do Saara e entrar na Península Árabe. Mas essa região é conhecida pelos problemas para requisição de visto de entrada, o que pode acarretar algumas mudanças na rota. Em razão disso, a minha maior preocupação está em conseguir os vistos de permanência e entrada nesses países, como o de ingresso na Síria. Se isso não for possível, irei fazer uma rota alternativa passando pela Ilha de Chipre e depois por Israel”, explica o ciclista. Já o maior desafio, segundo ele, será percorrer essas regiões remotas e enfrentar o calor do deserto.

Rota completa
A viagem, divida em oito etapas, teve início em Belo Horizonte, em agosto de 2008, quando Machado seguiu a Estrada Real até a cidade do Rio de Janeiro. De lá, embarcou para a Europa, iniciando a segunda etapa passando por países como Inglaterra, Holanda e Áustria, até chegar à Grécia, no Leste Europeu. A terceira etapa, no Oriente Médio e África, tem início na Turquia e finaliza nos Emirados Árabes. A Ásia, quarta etapa da viagem, começa no Irã, terminando no Timor Leste. Na próxima etapa, Oceania, dois países serão percorridos: Austrália e Nova Zelândia. Canadá e Estados Unidos da América são os próximos países, que representam a sexta etapa, na América do Norte.
Dos Estados Unidos, Machado chega ao México, iniciando a sétima etapa, na América Central, que percorre países como Honduras e Nicarágua, chegando ao Panamá. A oitava e última etapa – na América do Sul - tem início na Colômbia, passa pela floresta amazônica e chega ao estado de Minas Gerais, na cidade de Belo Horizonte, onde a viagem começou. Machado espera percorrer diariamente cerca de 50 quilômetros. No total, estão previstos 977 dias de viagem, já descontados as pausas ou atrasos decorrentes do período de inverno.

Acesse o site para acompanhar o Projeto: www.homemlivre.com
Acesse também os vídeos de Danilo: www.youtube.com/user/daniloperrotti

www.depeitoaberto.com.br | (31) 2511-1515 | contato@depeitoaberto.com.br