Adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa participam da 4ª Olimpíada SuperAção

07/01/2013 - Por: www.seds.mg.gov

Foi realizada na tarde desta segunda-feira (07.01) a cerimônia de abertura da 4ª Olimpíada do Projeto SuperAção. Ao todo, cerca de 200 adolescentes de nove unidades socioeducativas de Belo Horizonte e Região Metropolitana irão participar dos jogos, que serão realizados nas próprias unidades até o dia 27 de janeiro. A Olimpíada SuperAção é realizada pela Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), por meio da Subsecretaria de Atendimento às Medidas Socioeducativas (Suase), em parceria com a Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip) “De Peito Aberto – Incentivo ao Esporte”.

Presente na solenidade de abertura, realizada no Centro Esportivo do Vale do Jatobá, em Belo Horizonte, o secretário de Estado de Defesa Social, Rômulo de Carvalho Ferraz, destacou: “É uma honra participar deste que é o primeiro evento que realizamos em 2013. Acreditamos nessa iniciativa uma vez que, por meio dos jogos, os adolescentes têm acesso à cultura e ao esporte, que são formas fundamentais de recuperação”. Durante o seu pronunciamento, o secretário agradeceu ainda a todos que possibilitaram a realização da Olimpíada e desejou bons jogos aos jovens.

Os jogos

As Olimpíadas são realizadas anualmente como uma forma de concluir as oficinas esportivas realizadas durante todo o ano pela Oscip “De Peito Aberto” nas unidades socioeducativas. Em 2013, participam da 4ª edição dos jogos os Centros de Internação Provisória Dom Bosco e São Benedito e os Centros Socioeducativos de Justinópolis, Sete Lagoas, Santa Terezinha, Horto, Santa Clara, Santa Helena e Centro de Atendimento ao Adolescente (Cead). As modalidades esportivas que serão disputadas são o xadrez, o tênis de mesa, a peteca, o voleibol, o handebol, o futsal e o basquete de rua (streetball). Na modalidade futsal, além da disputa entre os adolescentes, também participarão agentes socioeducativos, o Centro de Reeducação Social São Jerônimo e a Suase.


Segundo a subsecretária de Atendimento às Medidas Socioeducativas, Camila Silva Nicácio, o objetivo do evento é sistematizar o trabalho esportivo dentro das unidades e trabalhar, entre outros aspectos, a integração promovida pelo esporte. “Esse é um momento de intercâmbio e confraternização entre os adolescentes”. De acordo com a subsecretária, o projeto SuperAção garante ainda o direito às atividades esportivas, um importante eixo da medida socioeducativa que está preconizado pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

Esporte e cultura

Participações culturais marcaram a cerimônia de abertura da 4ª Olimpíada SuperAção. No início do evento, o Hino Nacional foi cantado pelo coral de adolescentes do Centro de Reeducação São Jerônimo, sob a regência do maestro José Carlos Leal. Um grupo de capoeira do programa Fica Vivo, do Núcleo do Aglomerado da Serra, também se apresentou na cerimônia. Além disso, os adolescentes que participarão dos jogos realizaram um desfile e fizeram um juramento esportivo.


Ainda na solenidade, o vice-presidente da Oscip “De Peito Aberto”, Wenceslau Madeira, agradeceu o ano de trabalho em parceria com o Governo do Estado: “Este é um momento de consolidação do trabalho que realizamos em 2012. Espero que as próximas três semanas sejam de muito conhecimento e juventude”.


Participaram também da cerimônia de abertura da 4ª Olimpíada SuperAção a superintendente de Gestão das Medidas de Meio Aberto e Semiliberdade, Érika Vinhal, a superintendente interina de Gestão das Medidas de Privação de Liberdade, Ana Carolina Veloso, a Diretora de Formação Educacional e Profissional, Ana Carolina Ribeiro, o secretário Regional Adjunto do Barreiro, da Prefeitura de Belo Horizonte, Wanderley Porto, diretores das unidades socioeducativas, profissionais da Oscip “De Peito Aberto”, servidores da Suase e agentes socioeducativos.


Crédito fotos: Luiza Muzzi / Ascom Seds