Adolescentes do CEAD trocam de faixa no judô


Crédito fotos: Mayara Gouvea


17
/10/2012 - Por: www.seds.mg.gov

Os adolescentes do Centro de Atendimento ao Adolescente (Cead), em Belo Horizonte, realizaram o exame de troca de faixa de judô nesta quarta-feira (17.10). O esporte é incentivado na unidade por meio do Projeto Superação, resultado de uma parceria firmada em 2009 entre a Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), por meio Subsecretaria de Atendimento às Medidas Socioeducativas (Suase), e a Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) de Peito Aberto.

O coordenador do Superação, Fábio Araújo, explica que “o projeto visa dar continuidade à prática de atividades físicas pelos adolescentes de forma supervisionada”. A gerente de formação profissional da Diretoria de Formação Educacional e Profissional da Suase, Glauce Rotondo, completa: “a ideia é trabalhar o esporte em um sentido educativo”.

Os 33 adolescentes que cumprem medida no Cead praticam judô todas as semanas. Para a diretora geral da unidade, Patrícia da Silva, o esporte transmite valores de convivência em grupo, disciplina e respeito, além de contribuir para a melhoria da autoestima dos adolescentes infratores.

O exame de troca da faixa branca para a cinza – a que corresponde ao segundo grau do judô – foi aplicado pelo professor dos adolescentes, Ricardo Loureiro. “Eu me sinto profissionalmente realizado e me surpreendi com o empenho e a aceitação dos adolescentes com o esporte”, ele conta.

Para a diretora de atendimento do Cead, Tatiana Tironi, com a prática do esporte, “os adolescentes infratores se veem em um papel diferente frente à sociedade”. Um dos adolescentes que cumprem medida socioeducativa afirma que o judô o ensinou valiosas lições. “Agora eu tenho responsabilidade porque, sem ela, não se aprende nada. Tem que ter disciplina e respeito com os outros adolescentes e o com o professor”, ele destaca.

Após a realização dos exames, a faixa cinza foi entregue pelas mães, juntamente com um certificado, a todos os adolescentes. Além do judô, o Projeto Superação ainda incentiva a prática de outras modalidades esportivas no CEAD, como basquete, ping-pong, vôlei e futebol.